Com “Cidade Alerta”, Record trocou seis por meia dúzia


Nos últimos tempos não tem coisa que dê mais prazer que rir dos micos que a Rede Record anda pagando.

O motivo? Por conta de toda a prepotência de tempos atrás.

Hoje essa prepotência está oculta, por motivos óbvios.

Não sabe a razão? A audiência já não é a mesma.

Gente, eles tinham no ar o SP Record que na verdade já era um Cidade Alerta, portanto, qual a razão de trazer de volta o policiaresco? Só pelo nome, consideravam como “de peso”?

Ora, o Cidade Alerta já tinha saído de ar pois não atingia mais os 14 pontos ou mais de quando estava no “auge”.

E o resultado está aí: após o “barulho” da estreia os índices do Cidade são os mesmos do SP, só que com um diferencial: carrega a vergonha de o apresentador ter abandonado a atração feita pra ele. Ah, tem mais um detalhe: está sendo surrado pelo surrado Chaves.

O curioso?

O Tudo a Ver, programa querido dos tempos de Paulo Henrique Amorim e Patricia Maldonado, super elogiado e que sempre vejo pessoas saudosas comentando o desejo de vê-lo de novo no ar, ah, esse não volta.

Investir em qualidade custa dinheiro e dá trabalho.

Colocar um homem pra ficar gritando no estúdio enquanto um helicóptero sobrevoa Sâo Paulo atrás de desgraça sai bem mais em conta.

Só que é aquela, né? Tiraram o SP Record mas trocaram seis por meia dúzia.

Cena aberta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: